Crente ou Convertido

Muitas pessoas freqüentam a igreja todos os dias, seguem as doutrinas da igreja e do pastor, muitas vezes até ocupam cargos de destaque na igreja, mas poucos conhecem sobre a verdadeira essência do evangelho, pessoas que embora sigam as leis da bíblia, não as compreendem bem e nem entendem o objetivo de ter uma vida Cristã. São pessoas que não conhecem o verdadeiro motivo do evangelho e desconhecem a razão da morte e sacrifício de Jesus na cruz.

Existe uma diferença entre ser crente e ser convertido, os crentes tem uma transformação superficial, ou seja, uma transformação somente no seu exterior, já o convertido começa a transformação de dentro para fora; a bíblia já nos fala disso quando menciona sobre a parábola do joio e do trigo, o joio tem aparência de trigo, mas não é trigo (leia Mateus 13) e nem tem as qualidades de trigo, assim também os crentes apenas têm aparência de convertido, mas não são convertidos e não tem as qualidades de um convertido.

Existem vários tipos de Crentes na igreja:

  • Crentes Acostumados: Estes tipo de pessoa geralmente são filhos de crente, que os pais levaram na igreja desde criança, pessoas que criaram  vínculos de amizade na igreja, gostam do ambiente cristão e estão acostumadas a ir à igreja todo domingo, porém nunca entenderam o verdadeiro motivo do evangelho e nem o plano de salvação de Jesus Cristo.
  • Crentes que só querem a benção: Estes são aquele tipo de pessoas que estão passando por uma situação bem difícil, já tentaram de tudo e ouviram  falar que Deus abençoa. São pessoas que chegaram à igreja esperando por um milagre em sua vida e querem a vitória, mas não querem compromisso com o Dono da vitória. Pessoas que acreditam que podem comprar a benção de Deus  “Se Deus me der o que eu quero, eu dou isso ou aquilo em troca”; pessoas que  trocam os papéis e não entendem que nós precisamos de Deus e não ele de nós,  pois do Senhor é a Terra e tudo que nela há.
  • Crentes Juízes: São pessoas que se colocam no lugar de Deus, passam  a  vida a julgar e analisar a vida dos que estão ao redor, pessoas que seguem as doutrinas do evangelho a risca, mas se esquecem do mandamento  mais importante  da bíblia que é o Amor e a Caridade.  Pessoas que não tem misericórdia do próximo, e se julgam tão Santos a ponto de serem intolerantes a  erros. Crentes que usam o desprezo no lugar do amor, o apontar de dedo no lugar da oração e da ajuda. Pessoas que não conseguiram entender o motivo de Jesus não ter apedrejado Maria Madalena e que nunca  leram  Coríntios treze, pois não sabem que o Amor a que Deus se refere neste capitulo não é só o amor a Deus e sim o amor ao próximo mesmo que ele esteja errado.
  • Crentes que só Querem a Glória: Esse tipo de Crente é aquele que já foi convertido um dia, mas que em algum momento da sua vida perdeu  o foco e pararam e dar glória a Deus para viver a sua glória. Pessoas cujo objetivo de vida é ser um Pastor, Pregador, Missionário Cantor nem que para isso tenha que mentir  caluniar o irmão, pisar no próximo. Pessoas que usam o evangelho apenas como realização e sucesso pessoal se esquecendo que toda a Honra e toda Glória são do Senhor.
  • Crentes convertidos: São aqueles crentes que amam a Deus acima de tudo, que servem a Deus se estão na benção e louvam a Deus quando estão na prova, crentes que tem o sonho de serem pastores, cantores, pregadores, missionários ou apenas servos, pois reconhecem  que o que fazem para Deus ainda é pouco diante de tudo que Deus fez e ainda faz  por nós em todos os dias, crentes que amam ao seu próximo como a si  mesmo. Crentes convertidos são  pessoas que deixam de viver para si  para viver para o Senhor.

Existe um objetivo maior no evangelho e ele está ligado à morte de Jesus na Cruz, Jesus morreu para que nos pudéssemos viver, para que não fôssemos condenados pelos nossos pecados e sim justificados pelo seu sangue e sua morte na cruz.

Devemos analisar a nossa vida, para sabermos se estamos tendo uma vida de crente ou de convertido, se somos trigo ou joio. Bem sabemos que Jesus não voltou ainda, mas que ele voltará mui breve e devemos converter os nossos caminhos todos os dias para que possamos ser crentes convertidos e possamos dizer como Paulo em Gálatas 2:

“Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos, também, crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé de Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto, pelas obras da lei, nenhuma carne será justificada.

Pois, se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos, também, somos achados pecadores, é, porventura,  Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma.

Porque, se torno a edificar aquilo que destruí, constituo-me a mim mesmo transgressor.

Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus.

Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo, na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”

5 comentários sobre “Crente ou Convertido

  1. Claudia

    Gostei muito do texto…Tenho uma familia grande e muitos sao evangelicos..a uns anos atras eu passei por momentos muito dificeis, pois tinha acabado de me separar de um casamento de doze anos , lutei para q nao chegasse a uma separaçao,mas infelizmente meu marido continuava adulterando e ja nao podia mais levar aquela situaçao tao angustiante.E uma de minhas tias estava, e como ate hoje esta muito firme na igreja..mas o q nao entendo é q justamente no momento q mais precisava nunca me deu nehum apoio espiritual, muito pelo contrario,evitava-me.Qdo li a parte dos crentes juizes…lembrei-me….

  2. PABLO

    A PAZ DO SENHOR,Glória a DEUS por este estudo, pois eu até o momento me enquadrava em crente juízes, agora pela misericórdia do SENHOR JESUS, pude ser limpo da cegueira espiritual, que DEUS continue abençoando vcs.

  3. islene simoes de lima

    gostei muito de ter lido este texto pois nos ajuda a cada dia a saber mais do verdeiro camin ho a seguir e da forma correta que temos que agir….

  4. Roberta Cristina

    A paz do SENHOR esteja com todos…queria dizer que gostei muito desse texto,pois ele fala de fatos que realmente existem nas igrejas,fala do que é certo,temos que somente adorar a Deus,não buscar cargos na igreja,ou desfazer,julgar os irmaõs, não que seja errado trabalhar na obra,mas sabendo que se trabalha na obra pra Deus! não para se glorificar entre os homens!infelizmente acontece,mas Deus conhece seus verdadeiros adoradores,os que o adoram em espirito e em verdade,e ele conhece o coração de cada um dos seus…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s