A difícil tarefa de confiar em Deus

confiancaPor mais que tentemos confiar em Deus esta premissa não é tão fácil quanto parece, entregar nossa vida e nosso caminho à Ele é uma tarefa muito complicada, pois  em meio a muitos problemas temos medo. Infelizmente somos pegos a cada dia pelas nossas fraquezas e tentamos resolver nossos problemas e nossas angustias com as forças naturais que temos e esquecemos que há um Deus que tudo pode, e move o sol se um servo verdadeiro estiver precisando.

Temos medo do que pode dar errado, achamos que se entregarmos nosso caminho a Deus seremos apenas coitados, fracassados, submissos, derrotados de cabeça baixa, pessoas sem esperança e sem brilho, seres humanos sem vontade própria sem perspectivas de vida, achamos que se nos entregarmos verdadeiramente viveremos uma vida de sofrimento, de provações, uma vida mediana de meias alegrias, de meios sorrisos, achamos que se dermos o controle de nossa vida para Deus, Ele nos pedirá uma coisa impossível, nos provará até poder ver onde aguentamos, ou nos fará para sempre servos angustiados.

E é neste ponto que estamos totalmente errados,  pois quando nos entregamos inteiramente à Deus é que temos a verdadeira liberdade, é neste momento que somos mais do que apenas servos seus e então somos chamados de amigos, “Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer” (João 15:15), temos medo do que Deus pode fazer com nossas vidas e então lutamos com todas nossas forças para resolver nossos problemas seja ele grande ou pequeno, nos abatemos, nos entristecemos, nos iludimos, ao invés de apenas confiar nEle, ao invés de apenas entregarmos nosso caminho nas suas mãos e dizer: “Deus faça a sua vontade na minha vida”, você já deve ter pensado assim mas o medo da vontade de Deus ser diferente da sua veio em seu pensamento.

A falta de fé é um dos principais problemas na entrega, pois sem fé não acreditamos que Deus possa resolver nossa situação, e então corremos de um lado para o outro procurando uma solução, sendo que a solução está muito mais perto do que você e eu imaginamos, “sem fé é impossível agradar a Deus”, crer é o primeiro passo da entrega, em uma passagem de seu livro “A Unção” o autor Benny Hinn diz assim: ” Tenho tanta confiança em Deus que se Ele me disser largue tudo, pegue sua família e siga para o outro lado do mundo eu irei pois sei que Ele sempre deseja o melhor para mim”, tamanha confiança que ele tem com o Espírito Santo de Deus, notemos que Benny Hinn é um dos lideres mais influentes do mundo e tem um ministério de cura e ministração sobrenatural,  que influenciou milhares de líderes por todo o mundo até mesmo o Pastor Marco Feliciano aqui no Brasil, e o que estes homens tem em comum? Apenas uma coisa confiança em Deus.

Então agora é o momento de nos livrarmos das amarras deste mundo, da auto-suficiência, da prepotência, da sabedoria humana, é hora de ser dependente de Deus, totalmente entregue e submisso a Ele, só quando aprendermos a confiar no Senhor verdadeiramente e deixarmos nos seus pés todas nossas lágrimas, todos nossos anseios, todas nossas dúvidas, todos nossos problemas é que então iremos entender que desde o princípio Ele sempre quis muito mais do que apenas o melhor para nós. Está na hora de apenas confiar, de saber que por mais que não venhamos a entender seus pensamentos temos a total certeza de que ele sempre nos dará o melhor.

  • O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do SENHOR refinada; e é o escudo de todos os que nele confiam. (2 Sm 22:31)
  • Mas eu confio na tua benignidade; na tua salvação se alegrará o meu coração.(Sl 13:5)
  • Guarda-me, ó Deus, porque em ti confio. (Sl 16:1)
  • Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do SENHOR nosso Deus. (Sl 20:7)
  • Em qualquer tempo em que eu temer, confiarei em ti. (Sl 56:3)
  • Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei. (Sl 91:2)
  • É melhor confiar no SENHOR do que confiar no homem. (Sl 118:8)
  • É melhor confiar no SENHOR do que confiar nos príncipes. (Sl 118:9)
  • Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. (Sl 125:1)
  • O SENHOR é bom, ele serve de fortaleza no dia da angústia, e conhece os que confiam nele. (Naum 1:7)

Confie nEle !

Anúncios

As obras da carne e os frutos do Espírito

O apóstolo Paulo quando ensinava a igreja de Corinto fez uma alusão a três tipos de homens, cada qual com suas características, o homem natural, o espiritual, e o carnal.

O homem natural é aquele que não conhece à Deus, o ímpio, o incrédulo, este, uma pessoa que não tem o Senhor Jesus como salvador, nele abunda as obras da carne pois as coisas do Espírito lhe parecem loucura. 1 Coríntios 2:14

O homem espiritual é aquela pessoa que conhece o Senhor, não apenas de ouvir falar mas de andar com Ele, este segundo é cheio do Espírito Santo, discerne bem todas as coisas, pois são espirituais. 1 Coríntios 2:15

O terceiro tipo é o carnal, este apesar de conhecer o Senhor insiste no erro, permite que as obras da carne subjugue os frutos do Espírito, assemelha-se ao crente morno, ou mesmo àquele que está afastado dos caminhos do Senhor, ou seja, mesmo conhecendo os preceitos de Deus, mesmo conhecendo os frutos do Espírito prefere praticar as obras da carne. 1 Coríntios 3:3

O Apóstolo Paulo nos ensina em Gálatas 5:16-17 que a carne e o Espírito são opostos e constantemente militam um contra o outro e claramente nos mostra a diferença entre um cristão genuíno e um incrédulo, pois o cristão procura sempre deixar sua vontade de lado, ou a conscupicência da carne de lado, para agradar a Deus, já o incrédulo tem o Eu como centro de sua vida.

Nos versos 19, 20 e 21 Paulo lista as obras da carne e mais importante que listá-las é citar que aqueles que praticam as mesmas ficarão fora do reino de Deus.

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança, características marcantes do cristão.

Esta passagem nos evidencia claramente a diferença entre os que se dizem cristãos, os que são, e os que não são, afinal uma árvore se conhece pelos frutos, procure desenvolver estes valores, se auto-examine, verifique se tem cometido alguma obra da carne, arrependa-se, peça perdão a Deus e procure se afastar destes pecados se queres alcançar o reino de Deus.

Você é um homem natural? Quer conhecer a Cristo? É um homem espiritual? Em você são abundantes os frutos do Espírito? Ou você é um homem carnal? Em ti são visíveis as obras da carne?

Pense nisto!